Sobrancelhas de pena: você usaria?

Você já ouviu falar das sobrancelhas de pena? Essa tendência é chamada de Feather eyebrow.

SOBRANCELHAS DE PENA

O mundo da moda aparece cada temporada com alguma novidade avassaladora.

Muitos defendem que arte deve chocar nos tirar da zona de conforto e colocar de cara com uma realidade adversa.

De certa forma pode ser dessa maneira que acabamos “evoluindo” nossas mentes em relação ao novo.

A tendência que está dando o que falar é deixar os pelos da sobrancelha parecidos com penas.

A força do Instagram

Não é de hoje que as redes sociais ditam as tendências. Há muitas blogueiras e blogueiros (por que não?) que dedicam suas vidas para divulgar produtos e novidades.

O que acontece é que quando surge algum muito diferente e até polêmico os compartilhamentos ultrapassam milhões e assim atingem públicos variados.

Foi o que aconteceu com a blogueira Stella Sironen, uma maquiadora tailandesa que resolveu dividir as sobrancelhas e assim criar a tendência das sobrancelhas de penas.

A Stella usou sua conta no Instagram para mostrar a sua invenção e desde o momento que mostrou a foto postada ganhou atenção da mídia e assim se popularizou rapidamente.

O Instagram começou praticamente sozinho e marcou certas tendências de sobrancelhas por meio da superexposição.

Agora, uma tendência de inspiração de pena parece estar ofuscando as sobrancelhas distintivas ousadas que anteriormente governavam a plataforma de mídia social.

A melhor parte? Começou como uma piada.

No início de abril, a maquiadora Stella Sironen anunciou que começaria uma nova forma de sobrancelha que se assemelhava a uma pena de pássaro literalmente.

Poucos dias depois, no entanto, ela esclareceu que estava brincando com a aparência única de uma tendência real.

Em uma legenda do Instagram, Stella escreveu: “Nota para si: quando você faz uma piada sobre começar uma tendência de sobrancelha engraçada, as pessoas vão levá-la a sério e… bem, comece a tendência”.

A tendência das sobrancelhas de penas já foi detectada por vários nomes e vários blogueiros e entusiastas de beleza criaram os olhares em si mesmos.

Enquanto sabemos que é uma tendência difícil de levar a sério, não podemos deixar de ser atraídos por isso!

A polêmica das sobrancelhas de pena

Na verdade a popularidade não foi bem por começar a ganhar adeptos, mas sim pela estranheza da tendência.

Muita gente criticou e não gostou. Outras pessoas acharam divertida a mudança e algo moderno e inovador.

A grande polêmica paira em cima do produto utilizado.

Especialistas da área alegam que a cola utilizada para fazer a separação dos fios pode gerar alergias e até quedas dos pelos.

Como é uma tendência absolutamente nova, ainda não existe um produto específico para fazer a divisão dos pelos.

Devido o improviso com uma cola, é que gerou a polêmica de poder desenvolver reações adversas nas pessoas.

Como fazer as sobrancelhas de pena?

É muito fácil:

  • Basta pegar uma cola, de preferência não tóxica (mesmo assim pode ter reações, melhor testar antes).
  • Divida a sobrancelha utilizando um pente bem fininho.
  • Com uma linha é só traçar um caminho dividindo os fios de cima para a parte e superior e os do meio para baixo para a parte inferior.

O mais importante é que já tenha passado a cola antes e assim pode ir endireitando os fios para ficarem parecidos com penas.

Vale a pena ressaltar que para retirar a cola pode ser muito dolorido. Já citamos que por ser uma tendência que surgiu por acaso, não há produtos específicos.

Embora as sobrancelhas de penas possam desagradar muitas pessoas, saiba que ela só se popularizou, pois muitas pessoas gostaram.

A moda tem disso, quase nenhuma tendência consegue ser unânime, mas há quem goste.

E você? Usaria? Quer fazer sobrancelhas de pena? Veja como:

Continue nos acompanhando também no Facebook! Até a próxima!

 

 

Atenção antes de comentar

  • Verifique se a sua pergunta já foi feita por outro visitante. Não respondemos perguntas duplicadas.
  • O prazo médio para respondermos é de 7 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *